Passados presentes da perseguição a educadores(as) (1964-2021)

Autores

  • Rafael Vieira Levandovski Prefeitura de Gravataí

Palavras-chave:

Ideologia de gênero, Doutrinação, Perseguição, Ditadura civil-militar

Resumo

Este artigo propõe uma comparação entre os recentes discursos de combate à doutrinação e à "ideologia de gênero" nas escolas e os discursos que fizeram parte do período inicial da ditadura civil-militar. Em um primeiro momento, apresenta dados quantitativos de um perfil dos trabalhadores(as) em educação do Rio Grande do Sul perseguidos(as) durante a ditadura. Em seguida, expõe transcrições dos Inquéritos Policiais-Militares que buscavam analisar as "atividades subversivas no magistério e na classe estudantil", característicos do período da "operação limpeza" da ditadura. Ao comparar as situações de presente e passado, o objetivo torna-se refletir sobre alguns dos desafios da profissão docente. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-09-30

Como Citar

Vieira Levandovski, R. (2021). Passados presentes da perseguição a educadores(as) (1964-2021). Palavras ABEHrtas, (3). Recuperado de https://palavrasabehrtas.abeh.org.br/index.php/palavrasABEHrtas/article/view/32

Edição

Seção

Desafios e dilemas da profissão docente